Compartilhar lentes de contato, jamais!

      As lentes de contato trouxeram um grande avanço para a oftalmologia porque corrigem erros refrativos (miopia, hipermetropia, astigmatismo é mais recente, presbiopia) proporcionando independências dos óculos. Há casos que a indicação é terapêutica e são usadas para correção onde os óculos ou cirurgia não são indicados (afacia, ceratocone, etc). Elas estão em íntimo contato com os olhos e tem curvatura, diâmetro específicos para cada olho, além de estarem imersas em um fluido corporal (lágrima).

 

      Assim sendo jamais devem ser usadas por mais de uma pessoa (não se empresta, não se experimenta) pois quem o faz sofre o risco de ter uma infecção ou lesões graves oculares podendo levar até perda visual. Assim como não compartilhamos agulhas injetáveis, não devemos compartilhar lentes de contato. O HIV e COVID já foram isolados na lágrima, dentre outros. Se quiser usar lentes, procure sempre um oftalmologista, ele estará apto a indicar o melhor tipo de lente para você!

     

    Este conteúdo é meramente informativo e não elimina a necessidade de uma consulta presencial com o oftalmologista.

    É muito importante saber que a “saúde dos olhos, somente o médico oftalmologista pode auxiliar” – esse é um alerta da Associação Paranaense de Oftalmologia.

Dr. Mihael Ilich Castro Hinojosa

CRM-PR: 15014 - RQE: 6150